Poetas Mentem

7 novembro,2008 at 12:34 pm Deixe um comentário

É por isso que os poetas contam-nos mentiras tão adoráveis.

Existem certas frases que nos fazem meditar, essa acima foi uma delas, escrita – ou dita – por C.S. Lewis em uma palestra entitulada “Peso de Glória”, que aconteceu durante os tempos da Segunda Grande Guerra.

O autor está falando sobre um desejo que todos nós, homens, temos dentro de nós, que é de encontrarmos uma alegria inexplicável, uma alegria que palavras não podem descrever, por isso ele diz que os poetas mentem, porque somente com mentiras eles podem declarar o que realmente desejamos, que na verdade, não existe e não conhecemos.

Desejar a Eternidade

“Nem a fome prova que existe pão.” Penso, no entanto, que não se trata disso. A fome física de um homem não prova que ele encontrará pão; ele pode morrer de fome numa jangada em pleno Atlântico. Mas, com certeza, a fome de um homem prova que ele pertence a uma espécie que restaura o corpo por meio de comida e habita num mundo onde existem substâncias comestíveis.

Da mesma maneira, embora eu não creia (quem me dera cresse!) que meu anseio pelo paraíso prove que eu vá usufruir dele, penso ser um sinal bastante seguro de que existe algo parecido e de que alguns homens vão encontrá-lo.

Todos nós imaginamos um lugar para onde ir. Desejamos um lugar de paz, alegria, um lugar aonde a estética seja perfeita, onde as palavras sejam plenamente entendidas e ditas, um lugar onde não exista dor ou sofrimento, não exista o peso do trabalho e que não haja decomposição.

Desejamos que as obras de nossas mãos não sejam destruídas, que grandes cidades continuem sendo grandes cidades com o passar dos anos; que nossas riquezas continuem sendo riquezas; e que nossos sonhos continuem sendo sonhados na realidade.

Mas a verdade é que isso não existe, porém essa eternidade podemos declarar, existirá, porque ainda que o sentir – como o escritor disse – não nos prove que provaremos dessa eternidade, o sentir nos mostra que ela existe e então, podemos buscá-la.

Parafraseando sonhos

Se eu encontrar em mim desejos que nada neste mundo pode satisfazer, eu só posso concluir que eu não fui feito para este lugar.
Se a minha luta contra a carne é na melhor das hipóteses apenas leve e momentânea
então é claro que eu me sentirei nua quando comparada com o lugar para onde estou destinada.

Brooke Fraser, cantora neozelandesa de 24 anos de idade, parafraseou o sentimento de Clive Staples Lewis em sua canção “C. S. Lewis Song” e diz a mesma coisa.

Nada neste mundo pode satisfazer os desejos que eu e você temos, podemos comprar carros, motos, casas e isso não nos satisfará; podemos nos casar com a pessoa mais bela e atraente do mundo e isso não nos satisfará; podemos ainda realizarmos proezas acadêmicas, proezas atléticas ou realizar grandes descobertas e termos um domínio mundial e isso não nos satisfará.

Viva a eternidade

Isso é porque nós não pertencemos à este mundo. Fomos feitos com uma característica, um desejo por algo além.

Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem.

Deus colocou desejos em nossos corações insaciáveis e a única resposta à esses problemas é Ele mesmo e Sua Eternidade, que nos oferece ao crermos no Nome de Seu Filho Jesus, que morreu e ressuscitou por nossos pecados.

Os poetas mentem adoravelmente, mas só Deus pode saciar seus desejos eternos.

Eternidade

Imagens: TheBruce0, Wojar, RosieHard.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Presidentes Negros Que Deus quer com isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Silas Klein

Sou Silas Klein. Designer por paixão e publicitário pelos caminhos da vida. Este é meu blog pessoal.

Páginas

ultimos posts //

mais acessados //

  • Nenhum

comentarios //

Karina em Matrix Carnal ou Fraqueza…
Karina em Influenciadores

flickr // silasklein


%d blogueiros gostam disto: